X

Este site utiliza terceiros para manter e otimizar a sua navegação e fazer biscoitos de trabalho analíticas. Se você continuar a navegação, considere que você aceitar o seu uso.
Você pode aprender mais em nossa Política de Cookies.

WebMap

Voltar

Linhas de Galvanização e Pintura

Linhas de Galvanização e Pintura

As linhas de galvanização por imersão são especialmente concebidas para reduzir o montante do investimento e garantir uma cobertura adequada na qualidade e quantidade necessárias, assim como a manutenção das características metalográficas do substrato. A uniformidade do revestimento é excelente, garantindo-se uma boa aderência em toda a gama de espessuras e velocidades. As linhas estão equipadas de acumuladores (verticais ou horizontais) para poder soldar o final de uma bobina com o início da seguinte em um processo contínuo sem deter em nenhum instante a linha na área de galvanização.
Os fornos podem possuir duas seções para optimizar o aquecimento. Os tanques de imersão em zinco possuem equipamento adicional necessário para seu enchimento, descarga e manuseio, bem como a manutenção da temperatura adequada. O nível do banho é mantido constante automaticamente, detectando-se quando um novo lingote deve ser introduzido no sistema. As linhas podem incluir seções de acabamento e encruamento superficiais, nivelamento e cortes de extremidades. Dependendo da produção, pode haver uma ou duas bobinas. As linhas de pintura líquida são fundamentadas em um sistema de aplicação de revestimento por meio de cilindros (que pode ser direto ou inverso). A pintura pode ser epóxi, fluor-carbonada, acrílica, plastisol, orgânica (alquídicas ou organosol), vinílica, etc. O dispositivo é ajustável, de maneira que pode-se determinar a espessura do revestimento de pintura com muita precisão. Pode-se aplicar o revestimento em ambos os lados da tira. Antes da aplicação, é necessário limpar exaustivamente a tira em uma seção de limpeza com borrifo químico a fim de obter uma superfície que permita a adequada aderência da pintura. Depois de aplicar a tinta, e para que fique fixada, são utilizados de cura e secagem de alta eficiência. Dentro deles a tira não toca em nenhuma superfície para não danificar a pintura. Os fornos são ajustáveis para que possam trabalhar com diversos tipos de materiais e revestimentos e estão equipados com todos os equipamentos necessários para minimizar o impacto ambiental dos vapores expelidos. Para isso são utilizados incineradores regenerativos TRO. O resfriamento da tira pintada pode ser realizado com água, ar ou uma combinação de ambos. Dependendo da produção, pode ser equipado à instalação de uma dupla entrada e dupla saída. As baterias podem ser verticais ou horizontais.
 

Voltar

  • Mondragon
  • Linkedin
  • Flickr
  • Youtube
  • Slideshare